Archive for the ‘tecnologia’ Category

Leap

21/05/2012
Anúncios

Salada de frutas instrumental

13/04/2012

Em Natureza Morta, Fabio Di Salvo e Bernardo Vercelli transformaram bananas, peras e abacaxis em sintetizadores musicais.

“Cada fruta contem ácido que produz tensão elétrica”, explicam. “Usando uma técnica especial, podemos aumentar essas freqüências fazendo o inaudível som da energia vital da natureza se tornar audível.”

Curioso? Confira o som da salada musical e mais informações sobre o projeto aqui.

Life needs internet. Ou não?

13/03/2012

Em 2010, Jeroen van Loon iniciou sua pesquisa visitando lugares que representam os extremos opostos da nossa possibilidade de acesso à internet. Indo de uma aldeia na Papua Ocidental (onde ninguém tinha  idéia do que significava o conceito de internet) para metrópoles como Cingapura, o artista pediu a seus entrevistados que redigissem uma carta descrevendo a influência da internet em suas vidas. O resultado, a vídeo instalação “Life Needs Internet” mostra histórias originais e pessoais que retratao processo de digitalização global.

Pop-up book virtual

05/02/2012

Poesia em 3 dimensões criada por Amaranth Borsuk e Brad Bouse. Mais informações aqui.

Para imprimir

29/11/2011

Vontade de levar pra casa a mini impressora criada pela Berg.

Tie-Dye virtual

09/10/2011

Soak é uma instalação do coletivo Everyware que usa Kinetic para tingir a tela com o toque dos dedos. Efeito bonito. Mais informações aqui.

Luvas touchscreen

08/10/2011

Encarando os fatos, faça frio ou calor, o importante é manter a interação com o seu dispositivo touchscreen.

As luvas lançadas pela Muji têm, nas pontas dos dedos indicador e polegar, fibras especiais que possibilitam que a tela continue sensível ao toque. Inverno chegando e garantia de continuar conectado.

Aula de spinning também é no cinema

07/10/2011

Londres levanta mesmo a bandeira das bicicletas. Muito por aqui tem girado em torno disso – de experimentos artísticos como o da Pamela a iniciativas privadas, as bicicletas estão por toda a parte. No trânsito, os motoristas têm acostumado com a ideia de dividir espaço e gentileza com os ciclistas e muitas vezes é mais vantajoso pegar uma bicicleta pra se descolar a recorrer aos velhos e poluídores meios de transporte. Acho válido!

Outro projeto interessante que surge por aqui é o Magnificent Revolution’s Cycle-in Cinema. Imagine um cinema drive-in sem carros em que as poltronas são bicicletas e cuja energia é gerada pelo movimento dos pedais que cada espectador gira enquanto assiste ao filme. O projeto é um pop-up cinema que está rodando o Reino Unido e levando mais informação sobre consumo de energia aos lugares por onde passa entre uma sessão e outra.

No próximo domingo será exibido um dos meus filmes favoritos e vou lá contribuir com umas pedalas. Pegada 1!

Ônibus é rede social

23/02/2011

Chega esse tempo de fim de férias escolares e a gente se dá conta do tanto de carros que entopem as ruas. Todo mundo sabe que já não cabe mais, que o trânsito fica impraticável, que tudo isso representa uma perda de tempo inquestionável, que polui, que é um modelo fracassado e tudo mais. Comecei a ler o livro do David Byrne, Diários de Bicicleta, que defende o uso de meios de transporte menos nocivos e como tudo isso modifica nossa experiência e reflexões sobre o modelo de urbanização que ainda persiste.

De cara o livro já estimula um questionamento sobre como podemos criar alternativas que valorizem o transporte público e criem engajamento. Uma solução foi apontada recentemente pela empresa de trânsito norueguesa Kolumbus em parceria com o site Tale of Things, que transforma uma viagem de ônibus em uma verdadeira experiência de socialização com ajuda da tecnologia.

Em cada parada de ônibus, os passageiros podem se informar através de qr-codes sobre o estado do tráfego e ainda interagirem entre si. A proposta é criar uma rede social que potencialize a interação entre os passageiros. Como resultado, espera-se uma nova experiência em compartilhamento de transporte e informações entre os usuários.

Google Fashion Show

13/12/2010

O Google lançou uma nova campanha no Japão que exibe como seu mecanismo de busca pode ser incorporado em nossa vida de outras maneiras, muito além da simples procura por ocorrências em sites.

De certa forma, a campanha estreita os laços entre os usuários e o site, promovendo um estilo de vida em que a tecnologia (e o Google) pode deixar nossas simples ações cotidianas (como experimentar roupas) mais divertidas e criativas.