Archive for março \22\UTC 2012

Corrida dos ovos

22/03/2012

Depois das vacas e elefantes, muitos ovos espalhados por Londres – cada um deles foi projetado por um artista diferente. Por vários pontos da cidade você acaba esbarrando em um. Encontrou um ovo? Escaneie o qr-code e comece sua coleção virtual no Facebook e concorra ao prêmio, como mostra o filme abaixo:

 


 
Na impossibilidade de ver todos os 209 ovos, dê uma passada no site oficial da mostra e arrisque uma oferta no grande leilão virtual. O dinheiro arrecado será revertido para instituições de caridade.

Anúncios

Video games

19/03/2012

“Met Before”, o novo single da banda americana Chairlift, ganhou um vídeoclipe interativo que deixa o espectador decidir que caminho o roteiro deve tomar.

Sempre que indicações surgem no vídeo, o espectador deve clicar com as setas do teclado para escolher em que direção a personagem segue. Você pode compartilhar sua versão nas redes sociais e comparar o resultado com a versão dos amigos.

Crie o seu aqui.

28.000 flores

16/03/2012

Anna Schuleit espalhou flores pelo prédio do Centro de Saúde Mental de Massachusetts (Massachusetts Mental Health Center – MMHC) para homenagear os profissionais e pacientes ao longo de 9 décadas de história. Neste link, uma entrevista da artista sobre o trabalho intitulado “Bloom”.

Gifs!

16/03/2012

O primeiro gif criado apaga 25 velinhas e a PBS comemora com um documentário. Vida longa aos gifs animados!

Não está mais aqui

15/03/2012

Intitulada ‘Desaparecidos’ (‘Missing’), a campanha da Anistia Internacional quer lembrar as pessoas que foram perseguidas, torturadas e que desapareceram durante o regime de ditadura militar no Uruguai, Argentina e Chile.

A campanha comemora os 40 anos de democracia na região e reforça a luta permanente da Anistia por justiça.

Via Creative Review

Life needs internet. Ou não?

13/03/2012

Em 2010, Jeroen van Loon iniciou sua pesquisa visitando lugares que representam os extremos opostos da nossa possibilidade de acesso à internet. Indo de uma aldeia na Papua Ocidental (onde ninguém tinha  idéia do que significava o conceito de internet) para metrópoles como Cingapura, o artista pediu a seus entrevistados que redigissem uma carta descrevendo a influência da internet em suas vidas. O resultado, a vídeo instalação “Life Needs Internet” mostra histórias originais e pessoais que retratao processo de digitalização global.

Cara crachá

13/03/2012

O trabalho do artista Kamarule me trouxe várias especulações sobre a intenção (simbólica e prática) de cobrir os rostos com qr-codes: um registro sobre memória e identificação de pessoas que estavam presentes na sua história por um determinado tempo? Cada qr-code, que substitui o rosto dos colegas de classe, da antiga professora, dos inúmeros soldados e por aí vai, levaria para uma página na internet com informações daquela pessoa que poderia ser editada por você ou por ela mesma? Aquela velha discussão sobre identidade e massificação na sociedade tecnológica? Mais pistas aqui.