Archive for setembro \30\UTC 2009

Museu da cidade fantasma

30/09/2009

Museum of the Phantom City

Neste sábado, Brett Snyder and Irene Cheng lançam o The Museum Of The Phantom City: Other Futures, trabalho para mídias móveis que explora projetos de arquitetura e design que foram pensados para a cidade de Nova York, mas que nunca chegaram a ser concretizados.

O museu é acessado por um aplicativo do IPhone, que permite ver imagens e descrições dos projetos propostos.

E no dia do lançamento, os usuários serão convidados a um passeio pela cidade, quando poderão visitar os locais onde as obras seriam instaladas.

Mais informações aqui.

Aplicativos para cidadania

28/09/2009

Apps São Francisco

Um pouco atrasado, porém acreditando que sempre é hora para discutir um assunto que promete ser a ordem do dia. Os governos têm voltado atenção para criar plataformas de interação na internet, possibilitando cidadãos participarem do processo de construção e utilização de ferramentas aplicadas no exercício da webcracia.

As iniciativas saltam aos olhos por meio de experiências vindas de todas as partes do mundo – algumas apresentadas no Gov 2.0 Summit, que aconteceu em Washington D.C, entre os dias 8 e 10 de setembro deste ano.

Um dos governos que mais tem apostado e levado o projeto Gov 2.0 à frente é a prefeitura de São Francisco, que disponibiliza no site DataSF aplicativos com o intuito de facilitar o acesso ao exercício de cidadania online e estimular a criação de novos dispositivos.

Entre os já disponíveis, há o EcoFinder, que ajuda a descobrir o serviço de reciclagem mais próximo e o Mom Maps, que encontra locais para crianças na cidade, entre outros. A grande maiora integrando Google Maps, Twitter, Facebook e permitindo o compartilhamento das informações.

Mais sobre o assunto no blog da Webcitizen, que acompanhou a conferência Gov 2.0 Summit e trouxe algumas reflexões de lá.

Rastreando caixas para construir histórias

24/09/2009

a box life
O projeto A Life Box, iniciado pela empresa Columbia Sportswear, investe em reaproveitamento de materiais e tecnologia, aliando duas fortes tendências de comportamento e marketing.

Inicialmente a empresa ofereceu aos seus clientes a opção de receber sua encomenda em uma caixa reutilizada. Em pouco mais de um mês, 66% das entregas da Columbia estavam sendo transportadas nessas caixas. Para incentivar ainda mais a prática, acabaram lançando o site A Box Life.

O site rastreia o ciclo de vida e uso das caixas de papelão. Cada caixa é registrada com um QR Code e um número de controle e, assim, fornece dados sobre o local por onde viaja, criando uma história do trajeto, que pode ser acompanhado online pelos clientes. Outras opções incluem ainda compartilhar fotos no Flickr e informações no Twitter com a hashtag #aboxlife.

Visual data doméstica

24/09/2009

Hu2

Conheci hoje uma linha de adesivos da Hu2 que, além de decorativos, funcionam como infográficos para a casa,  ajudando a compreender facilmente informações como nível de água da banheira, identificação dos cabos e tomadas e ainda receitas para drinks. Funcional e visualmente interessante.

Registros de esperança

22/09/2009

Hopenhagen Campaign

Semelhante à proposta do The Optimist Conspectus, o site Hopenhagen dedica-se a coletar sensações em relação à esperança que as pessoas depositam no futuro. O projeto faz parte da preparação para a Conferência para o Clima, que acontece em Copenhagen no dia 7 de dezembro. E aqui mais peças criadas pela Ogilvy para a campanha.

50 coisas que a Internet matou

17/09/2009

web_1474855c

E é verdade mesmo. Matthew Moore do Telegraph listou 50 itens, variando entre produtos, modelos de negócios, experiências e hábitos, que foram drasticamente transformados pelo surgimento e popularização da Internet. Veja aqui e perceba o quanto vivemos essas mudanças.

Ajuda online para cuidar de pais idosos

09/09/2009

caring

O site Caring.com é dedicado a pessoas que cuidam de pais ou parentes idosos e possuem experiências para compartilhar sobre o assunto. Há uma grande variedade de informações e ajuda sobre saúde, cuidados domiciliares, assuntos jurídicos e centros locais de saúde. O conteúdo original é criado por quem enfrenta a situação de alguma forma.

Andy Cohen criou o site motivado pela experiência de cuidar de sua mãe, que sofria de câncer no pulmão. Como não tinha nenhuma experiência prévia, recorreu a Internet para pesquisar sobre o assunto, onde encontrou manuais para mães de primeira viagem e mulhers recém casadas, mas muito pouco sobre cuidados com idosos.

Além das consultas de todo tipo oferecidas pelo site e seus profissionais, o Caring.com ainda possui um canal de comunicação entre os usuários, que podem socializar histórias e contribuir para enriquecer a experiência de todos.

Aqui uma breve entrevista com Andy Cohen.

Graffiti com os olhos

04/09/2009

temptone

Depois do Digital Wheel Art (postado aqui), conheci mais um projeto que integra arte, tecnologia e inclusão.

A história começa pelo graffiteiro americano Tony Quan (ou Temptone), que em 2003 foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica, uma doença neurodegenerativa que paralisa os músculos e impede os movimentos do corpo.

Apesar dos avanços da paralisia, Tony pode graffitar novamente, utilizando o EyeWrite – um software que monitora os direcionamentos do olhar e permite pessoas escreverem com os olhos.

O EyeWrite foi desenvolvido em parceria entre o Graffiti Research LabFree Art+ Technology, Open FrameworksThe Ebeling Group, grupos especializados em desenvolvimento de softwares, computação de código aberto e aplicações criativas.

A primeira fase do projeto foi testada com sucesso em 12 de abril deste ano, quando uma projeção em tempo real conectou os movimentos dos olhos de Temptone com os muros fora do hospital, desenhando sua tag.

Mais informações podem ser vistas aqui.

Um minuto em alguma parte do mundo

01/09/2009

Cityoneminute

Cityoneminutes é um projeto global de vídeos que revelam 41 cidades ao redor do mundo em intervalos de um minuto. De São Paulo a Tóquio, cada vídeo traz uma expressão cultural, visões e códigos das diferentes áreas, produzidas por diferentes pessoas.

Você pode fazer a busca por localidades e períodos específicos do dia, ver todos os vídeos de uma região ou ir nagevando entre os lugares. Uma sugestão é improvisar um mash up, ouvindo sons correspondentes a cada cidade (outro projeto postado aqui).

O Cityoneminutes faz parte de um projeto maior, chamado Theoneminutes, que aceita contribuições e diversos tipos de registro em vídeo. Para mais informações e contribuições, clique aqui.